HOMEM QUE BRINCA DE BONECA

Brincadeira de boneca não é só para meninas.

Quando eu era criança, eu tentei brincar com minhas irmãs, mas meu pai não deixava.

Cresci, perdi meu cabelo, casei, tive uma menina, fiquei viúvo e, finalmente, brinquei de boneca com a minha filha.

Não foi tão divertido quanto eu imaginava, confesso, mas foi gratificante ver a Rafaela feliz.

Piangers, colunista do caderno Donna, do jornal Zero Hora, também escreveu sobre “homem que brinca de boneca“.

Rimos muito, fizemos vídeos da Polly em uma festa, no parque aquático (molhou todo chão do quarto), preparamos comidinhas de massinha de modelar.

Certo dia, nossa cachorrinha Piti, comeu os braços e as pernas de algumas bonecas.

Precisaram de cuidados especiais e foram cuidadosamente acomodadas em caminhas de caixa de palitos de fósforo, aquelas grandes que usamos para acender o forno. São mais confortáveis.

 

Algumas vezes eu recusei o convite de brincar de boneca porque estava cansado.

Cuidar sozinho de criança pequena cansa.

Mesmo assim, eu brincava sempre que podia porque lembrava da história que meu pai contou sobre meu avô.

Lindolpho, meu avô, ficou viúvo cedo. Teve que criar sozinho uma menina de colo e dois meninos pequenos.

Trabalhava o dia inteiro na sua barbearia, em Santo Ângelo, cidade do interior do Rio Grande do Sul, mesmo assim arranjava tempo para cuidar dos seus três filhos.

Se ele cuidou de três pequenos, por que eu não daria conta de brincar com a minha filha?

Estar cansado não é desculpa para não dar atenção. Depois a gente se atira na cama e dorme, isso é fácil de resolver.

Vamos perder os momentos incríveis da infância se não brincarmos com eles, seja de boneca ou de carrinho.

 

Hoje, não brinco mais de boneca.

Um dia estávamos brincando quando bateram na porta. Eram minhas concorrestes, as meninas aqui do condomínio.

A Rafa não pensou duas vezes, saiu correndo porta a fora para brincar com as amigas. Ela está crescendo, brincar de boneca com o pai não tem mais tanta graça.

Então fiquei imaginando meu avô brincando de boneca com a minha tia.

Fiquei feliz por um momento, mas depois ficou parecendo uma cena esquisita.

Claro que não tem nada de errado homem brincar com boneca, mas meu avô ficaria estranho vestido de bombacha, chapéu de gaúcho e imitando a voz da Barbie.

CLIQUE E NOS CONTE A SUA HISTÓRIA