Luto infantil

Minha mãe virou estrelinha

 

Com um lenço branco eu choro e me despeço. Olho para o teto da capela como se você estivesse lá. Alguém feliz te espera, mas você não vai voltar.

————————–————————–———-

Ela percebe que algo muito ruim aconteceu. Falo quase sem pensar:
“o coração da mamãe foi ficando fraquinho, fraquinho, até parar”
————————–————————–——————

Agora, com o rosto sem lágrimas, ela mostra um desenho: tem uma árvore, uma menina segurando uma flor e uma estrela amarelinha.
“É a mamãe que virou estrelinha no céu”

Deixe um comentário